logo
redes-socias

 

*Atenção: Devido à demanda local atual, não estamos enviando blocos para fora do estado de Santa Catarina. Para vendas no estado de SC, favor contactar nosso distribuidor.

Sobre a Ecofoam®

Os blocos Ecofoam® são produzidos em parceria com a única empresa do setor de construtivos isotérmicos filiada ao GBC Brasil (Green Building Council Brasil), órgão que desenvolve e certifica as construções verdes do país, sendo também a única que tem seu portfólio completo de produtos em PIR com certificação FM Global (Facture Mutual), mundialmente aceita. Além da mais alta qualidade do material e processos, trata-se de um produto ecológico porque a espuma EPS é 100%  reciclável e sem emitentes tóxicos à camada de ozônio. Além disso, a madeira utilizada para as longarinas é proveniente de manejos sustentáveis devidamente licenciados pelos órgãos competentes.

Reciclagem:

A Ecofoam mantém um convênio com uma empresa recicladora, que recolhe todas as sobras de cortes e de shapes e as transforma em produtos ou mesmo em blocos novamente. A logística da reciclagem dos blocos Ecofoam se inicia nas salas de shape dos shapers conscientes, que levam as sobras para os distribuidores ou diretamente na fábrica. Estas sobras de shape são recolhidas pela Ecofoam e unidas às sobras da fábrica, para então serem apanhadas pela empresa de reciclagem conveniada.

Além disso, a Ecofoam – e a Seapoxy como um todo, emprega o programa de redução do uso do papel ou o uso do papel reciclado quando este é estritamente necessário, separação do lixo, entre outras ações que visam minimizar ao máximo o impacto ambiental.

Características

O EPS é impermeável, portanto não infiltra ou absorve água diferentemente do bloco de poliuretano que molha e apodrece.
Se para a sociedade a questão ecológica é fundamental, para os surfistas, o resultado na água é a melhor parte. Como o bloco tem maior poder de flutuabilidade, a prancha conecta mais rápido e é muito mais veloz. Ela fica 20 a 30% mais leve do que a prancha tradicional, com um padrão de flexibilidade e durabilidade muito superiores às pranchas de poliuretano.

Um dos principais problemas estava no conserto da prancha, uma vez que essas pranchas só permitem o uso da resina epoxy. No entanto, hoje já existem várias opções como os kits de conserto com secagem UV vendidos em bisnagas, ou seja, você conserta, expõe ao sol e em minutos a resina está seca.

rodape